Conheça 10 curiosos recordes cervejeiros publicados no Guinness Book

Recordes cervejeiros

Se você se considera um fanático ou do tipo que faz qualquer coisa por cerveja, prepare-se. Talvez você seja mais “normal” do que imagina.

Conheça 10 curiosos recordes cervejeiros publicados no Guinness Book.

 

 

Maior coleção de garrafas de cerveja

Aos 14 anos, RON WERNER começou sua coleção de garrafas de cerveja. Um pouquinho precoce. Não foi uma simples mania de adolescente. Um quarto de século depois, segundo a contagem feita em 27 de janeiro de 2012, ele havia chegado a 25.866 garrafas guardadas em sua casa na pequena cidade de Carnation, no estado de Washington (EUA). Werner mantém outras coleções, como de espelhos, alças de torneiras de chope e letreiros de cervejarias.

Maior coleção de rótulos de cerveja

Talvez por não ter tanto espaço quanto Werner, HENDRIK THOMANN decidiu arquivar em sua residência em Erlanger, na Baviera (Alemanha) apenas os rótulos. E chegou à “humilde” cifra de 548.567 na verificação realizada em 3 de outubro de 2012. Como os germânicos são orgulhosos de sua tradição cervejeira, não é surpresa que cerca de um terço da coleção (173.324) é de rótulos alemães e os outros 375.243, do resto do mundo.

Maior consumo per capita

A terra natal da nossa popular “loura gelada” (Pilsen), a REPÚBLICA TCHECA é talvez o único lugar no mundo onde a cerveja é mais barata que a água (o que, aliás, é uma grande preocupação para as autoridades). Explica-se, portanto, porque o pequeno país (tem menos gente que no Estado do Rio) ostenta a incrível média per capita de 160,5 litros de cerveja por ano, de acordo com contagem feita em 2005.

A cerveja mais forte já vendida

A “guerra do teor alcoólico” entre as cervejarias europeias terminou com uma bomba adequadamente chamada THE END OF HISTORY. Com sucessivos congelamentos do líquido, os escoceses da BREWDOG alcançaram o estratosférico grau de 55% de álcool. Para completar o choque, ela vinha em garrafas envoltas por bichinhos empalhados, pela módica quantia de 500 a 700 libras. Há cervejarias que reivindicam teores mais altos, mas não se submeteram à verificação do Guinness Book.

 Maior degustação de cerveja

Organizar uma degustação já não é fácil com grupos pequenos, de cinco ou seis pessoas. Mas o “guru cervejeiro” Warren McCoubrey decidiu servir três rótulos (Arizona, West Coast IPA e Wobbly Bob) da pequena cervejaria inglesa Phoenix a “apenas” 322 pessoas. O evento foi no dia 7 de agosto de 2013, no OAST HOUSE, também em Manchester (Reino Unido).

Maior variedade de cervejas comercialmente disponíveis

Lar do elefantinho cor de rosa em Bruxelas, o DELIRIUM CAFÉ, mal-comparando, é o equivalente cervejeiro da Capela Sistina. A riqueza da cultura cervejeira está registrada em suas paredes. É o único lugar do mundo onde um simples mortal pode entrar e contemplar uma carta de cervejas com 2.004 rótulos, contados em 9 de janeiro de 2004. Novamente, há desafiantes ao título, que não comprovaram a façanha dentro das regras do Guinness.

 

Maior copo de cerveja

A paixão dos irlandeses por cerveja é lendária. Para homenagear a tradição, THE AULD DUBLINER IRISH PUB, que apesar do nome fica em Tustin, na Califórnia, criou um “pint” gigante com capacidade para 1.499 litros. O singelo recipiente tinha 2.42 de altura, e diâmetro de 1.1 metro no ponto mais largo, de acordo com medição feita em 21 de novembro de 2009.

 

Maior número de copos de cerveja carregados por 40 metros

Em certas regiões da Alemanha, o copo de cerveja “básico”, chamado Maßkrug (masskrug) ou só Maß (mass), comporta um litro, o que dificulta a vida dos garçons e garçonetes quando aquela mesa grande faz seu pedido. A menos que o garçom seja o fortão OLIVER STRUEMPFEL, que carregou 21 destes copões por 40 metros. Detalhe: sem bandeja. O feito foi registrado no festival cervejeiro de Gillamoos, em Abensberg, na Baviera (Alemanha), em 4 de setembro de 2010.

Mais barris de cerveja abertos em um minuto

Abrir um barril de cerveja tradicional, de madeira, requer um misto de força bruta e técnica. O grandalhão ROBERT DULLINGER foi ao programa Wir Holen Den Rekord Nach Deutschland (“O recorde é da Alemanha”, em tradução livre), em 27 de junho de 2013, para mostrar sua perícia. Em apenas um minuto, ele conseguiu furar nada menos que 13 barris, encaixando e martelando a torneira para extrair o precioso líquido.

Mais garrafas de cerveja abertas com o dente em um minuto

Você deve ter um amigo que faz isso nas festas, geralmente para se divertir com os olhares aterrorizados das mulheres: pega a garrafa de cerveja, encaixa-a no canto da boca, e com uma puxada rápida, arranca a tampa com o molar. Eu tenho um amigo assim. Aliás, mais de um. Mas nenhum deles chega aos pés (ou aos molares) de MURALI K.C., que conseguiu abrir 68 garrafas em 1 minuto, em uma apresentação no Country Club Mysore, em Bangalore, na Índia, em 17 de setembro de 2011.

Clique aqui e confira mais informações e fotos destes recordes!

< voltar

Leia outras notícias relacionadas

  • Drones
    Cerveja artesanal Lakemai...
  • por-que-a-cerveja-congela-quando-pegamos-no-meio-da-garrafa
    Pegou a cerveja no meio e...
  • Lala Lupulina
    “Socialite deslumbrada...
  • 30deabril-principal
    Cerveja é criada para in...

Empório da Cerveja

BBC