Oktoberfest 2013 em Blumenau (SC)

Nesse ano de 2013 aconteceu a 30ª edição da Oktoberfest de Blumenau, SC, que por sinal é a 2ª maior Oktoberfest do mundo, ficando atrás apenas da original, que acontece em Munique. A festa rolou do dia 03 a 20 de outubro e recebeu mais de 450.000 visitantes. Portanto, haja cerveja.

Oktoberfest

foto: Marcelo Martins

A festa acontece no Parque Vila Germânica que é um espaço temático para eventos, contando com pequenas lojas e restaurantes em casas de arquitetura enxaimel, além de 3 grandes pavilhões que é onde se concentra a maior parte dos visitantes de Oktoberfest. É nele inclusive que acontece o Festival Brasileiro da Cerveja.A primeira edição aconteceu em 1984 e desde então vem atraindo turistas do Brasil inteiro, além de turistas dos países vizinhos. É uma festa que busca resgatar os valores culturais alemães, já que a cidade de Blumenau, bem como a região do Vale do Itajaí ou Vale Europeu, tem uma forte influência da colonização alemã que aconteceu em meados do século XIX.

Vila Germânica

Parque Vila GErmânica

O espaço externo do Parque Vila Germânica.

Para todos os lados é possível encontrar lojas de suvenir, barracas de cerveja e barraquinhas de comida típica alemã, dentre elas os tradicionais pão com bratwurst (pão com linguiça alemã, geralmente branca e feita com carne de vaca, porco e vitela) e currywurst (linguiça alemã com molho a base de curry), além de batatas recheadas, pasteis e sanduiches diversos.

Pão com Bratwurst

Pão com Bratwurst
fonte: Wikipedia

Existem algumas atrações interessantes como a prática do tiro ao alvo, realizada pela Associação dos Clubes de Caça e Tiro de Blumenau em um espaço em um espaço exclusivo no Setor 1. Além do tiro ao alvo, são realizadas outras 3 brincadeiras: a bocha, a bagatela e o pássaro ao alvo. São eleitas também 1 rainha e 2 princesas dos Clubes de Caça e Tiro, as quais além de beleza, esbanjam destreza e perícia em atirar.

Estande de tiro ao alvo

O estande de tiro ao alvo.

Rainha e princesas do Clube de Caça e Tiro

Eu e a Rainha, ao centro, com as Princesas.

Ao longo do evento, nas noites de quarta feira e nas tardes de sábado, acontecem os desfiles na rua XV de novembro, no centro de Blumenau  apresentando carros de grupos folclóricos, de caça e tiro, a Realeza da Oktoberfest, na qual a rainha e as duas princesas daquele ano em questão já foram escolhidas no ano anterior, além bandas e fanfarras e brinquedos exóticos.

Trajes típicos

Pessoas vestidas com trajes típicos (Frida para as mulheres e Fritz para os homens) em um dos desfiles da Oktoberfest 2013.
foto: Marcelo Martins

Para a diversão em família, é recomendado o Kinderplatz que é um espaço destinado a atividades socioculturais, educativas e de lazer para crianças e suas famílias. No caso das crianças, os brinquedos têm indicação de faixa etária e são cobrados ingressos. O espaço é sonorizado com músicas infantis além de contar com um local destinado à alimentação.

Um dos pavilhões da Oktoberfest

Um dos pavilhões em um dia de muito movimento na Oktoberfest 2013. Galera reunida em frente ao palco.

Diferente do que acontece na Oktoberfest de Munique, não é preciso reservar espaço nas mesas dentro dos setores, também chamados de pavilhões. É só comprar o ingresso para entrar na festa e encontrar um lugar vazio para se sentar. Também é permitido o consumo de cerveja em pé ou transitando pela festa, o que não acontece na festa original na Alemanha. E vale lembrar que durante alguns dias da semana, a entrada na festa é gratuita, porém nas sextas feiras e sábados são cobrados ingressos e ainda assim a venda destes pode ser suspensa caso o espaço esteja lotado.

Pavilhão externo

Um dos pavilhões em um dia de pouco movimento.

E esse não seria um destino cervejeiro se eu não falasse das cervejas da festa e em se tratando uma festa de celebração da cultura alemã, a cerveja não poderia ficar de fora. Ao todo foram 4 cervejarias artesanais locais: a Bierland, a Das Bier, a Eisenbahn e a Wunder Bier. Quem também esteve presente foi a Brahma, que por sinal é a cervejaria oficial do evento. A novidade em relação à Brahma ficou por conta de uma exigência de que pelo menos 20% das cervejas e chopes vendidos na festa seguissem os padrões da Lei da Pureza da Baviera, que diz que a cerveja deve ser produzida apenas com água, malte, lúpulo e levedura, sendo que o chop Brahma vendido em todo o Brasil tem a adição de cerais não maltados e carboidratos. Outra novidade foi a venda do chop Brahma Weiss, que é uma receita alemã que leva trigo entre seus ingredientes. Eu conferi e gostei, mesmo já tendo experimentado outras cervejas antes, o que comprometeu meu paladar. Mesmo assim foi uma boa opção para o “brahmeiros” que não abandonam nunca a sua marca preferida. Vamos torcer para que a Brahma traga ainda mais novidades como essa para o ano que vem.

Barraca da Eisenbahn

Uma das barracas da Eisenbahn.

Barraca da Bierland

Umas das barracas da Bierland.

Das Bier

Das Bier.

Vale lembrar que são muitos os que vestem os trajes típicos da Oktoberfest e para os que vão vestidos de Frida ou Fritz a entrada é gratuita, o que já é uma economia de alguns chopes ou um refeição. Mas no fim das contas, o que vale é entrar no ritmo da festa e se divertir ao som das bandas de música típica, as quais tocam sem parar, levando em seu repertório algumas canções de rock n’ roll para agitar ainda mais o público.

Indispensável é dizer que toda moderação é válida, já que exagero com bebidas alcoólicas nunca é legal, ainda mais numa festa com muitos visitantes, onde os atendimentos de emergência podem ficar complicados e a facilidade ter seus pertences subtraídos aumenta ainda.

Copo de cerveja

Na área externa do Parque Vila Germânica.

Pavilhão 3

A entrada do Pavilhão 3.

E para todos os que pretendem ir nas próximas edições, é bom ficar atento com a hospedagem, já que a procura é grande e as vagas em hotéis e pensões costumam esgotar cedo. Claro que a grande procura faz com que o preço das diárias aumente, o que torna a hospedagem em cidades vizinhas uma boa opção, principalmente para os que estão encontrando dificuldade em conseguir algum lugar para dormir em Blumenau. Não se preocupem com o transporte para a festa, existem várias agencias de turismo que fazem o transporte com segurança, local de encontro, horário de saída e retorno. No meu caso, eu e uns amigos alugamos um apartamento em Balneário Camboriú, o que nos rendeu bons passeios no litoral, praia e churrasco durante o dia e a Oktoberfest a noite. É claro que eu descobri alguns destinos cervejeiros em Balneário Camboriú e vou relatá-los aqui em um post futuro, afinal, o bom do cervoturismo é poder encontrar boas cervejas onde quer que elas estejam.

Um brinde à Oktoberfest. Prost!

< voltar

Leia outras notícias relacionadas

  • Pubs irlandeses
    Os Fantásticos Pubs Irla...
  • Canadá
    Turismo cervejeiro: Canad...
  • aniversario-destino-cervejeiro-barba.jpg
    Festa de aniversário do ...
  • Shyrley Valentine
    Lucy Sanduicheria em Belo...

Empório da Cerveja

BBC