Estilos de Cerveja

Um estilo é definido por um conjunto de critérios e pelas características sensoriais que as cervejas possuem em comum.  Existem vários estilos de cerveja segundo os guias de estilo como BJCP (Beer Judge Certification Program) e o Brewers Assossiation, podendo chegar a aproximadamente 100 estilos, dependendo dos critérios utilizados em cada guia.

Um critério importante para definir um estilo é o teor alcoólico das cervejas, sendo que cada estilo englobará cervejas com teores alcoólicos que sejam próximos dos padrões definidos para cada estilo, lembrando que a maioria dos estilos possuem teor alcoólico entre 4 a 10%, sendo que alguns possuem de 1 a 2%, enquanto outros podem estar acima de 10%, porém, esses estilos não estão entre a maioria.

Características que definem um estilo de cerveja

 

O fator que mais determina um estilo são as suas características sensoriais, já que as semelhanças entre determinadas cervejas é o que as colocará mais próximas , sensorialmente, umas das outras. Tais características são:

Aparência: basicamente a aparência de uma cerveja é sua cor, bem como sua transparência, sendo ela translúcida (cervejas filtradas, sem presença de fermento) ou opaca (por não ter sido filtrada, contendo fermento em seu corpo, como as cervejas alemãs de trigo, do estilo Weiss ou Weizen).
Estilos de cerveja

Paladar: é o sabor da cerveja junto ao seu aroma. Dentro dessas características se encontram o amargor, a presença do malte e etc. A maior ou menor concentração desses elementos vai ajudar a agrupar as cervejas em estilos parecidos. Os estilos podem possuir sabores parecidos entre si, mas certos sabores só poderão ser encontrados em determinados estilos (ou os grupos de estilos).

Aroma: O aroma varia devido ao tipo de lúpulo usado na receita da cerveja (o aroma cítrico de maracujá de uma American IPA), o tipo de malte (maltes torrados vão dar notas de torrefação e café a alguns estilos como as cervejas escuras do estilo Porter, Stout e Dunkel, enquanto os maltes defumados vão dar notas próximas ao bacon e embutidos às cervejas do estilo Rauchbier) e é também influenciado pela fermentação, com tipo de levedura utilizado na receita e a temperatura em que a cerveja fermentou, a exemplo de algumas Weizen que possuem, caracteristicamente, aroma de banana e sabor de cravo.

O uso de adjuntos em alguns estilos (como o açúcar proveniente de cereais não maltados como o arroz e o milho), bem como uso de algumas frutas, ervas, condimentos e vários outros produtos também influencia no aroma da cerveja.

O aroma de uma cerveja influencia no seu paladar, mas o inverso não acontece, já que não precisamos beber a cerveja para sentir o seu cheiro.

Tato: são as sensações físicas percebidas na boca. São elas:

. Corpo: é a viscosidade e densidade da cerveja. Numa análise rápida seria como comparar o “corpo” da água com o “corpo” de um suco de manga.

. Carbonatação: é a sensação frisante da cerveja, sendo basicamente a quantidade de gás presente no líquido bem como o tamanho das bolhas formadas.

. Adstringência: é a sensação de travamento nas laterais da língua, que no caso da cerveja é provocado pelo tanino presente no malte e no lúpulo, apesar dessa sensação não ser tão facilmente percebida em muitos estilos.

. Percepção alcoólica: é a queimação que o álcool provoca. Nem sempre o sabor e aroma do álcool podem ser percebidos e isso se deve à quantidade de malte utilizada na receita, bem como a quantidade e tipo de lúpulo.

A graduação alcoólica de uma cerveja nem sempre revela a real percepção alcoólica dela como, por exemplo, muitas cervejas de teor alcoólico mais elevado, o que é o caso de cervejas dos estilos Russian Imperial Stout e Barley Wine, apesar do álcool poder ser percebido na sensação de calor que ele provoca.

Confira abaixo uma lista com os vários estilos de cerveja que podemos encontrar.

Nome

Gueuze

Descrição

Conhecidas como "o champanhe de Bruxelas", as cervejas do estilos Gueuze se assemelham com as Straight (Umblended) Lambic em seu processo de fermentação, porém, são efervescentes, com alta carbonatação. Seu sabor é bem ácido e sua cor é dourada, tendendo ao âmbar, tornando-se cada vez mais escura com o tempo. Em seu processo e produção, é feito uma mistura (blend) de uma Lambic jovem, devido a seu frescor e de uma Lambic envelhecida, devido a seu aroma e corpo.

País de origem

Bélgica

Família

Lambic

mais detalhes

Nome

Imperial IPA

Descrição

As Imperial IPA são cervejas ainda mais amargas que as American IPA e são também mais alcoólicas, podendo chegar a 10% de teor alcoólico.

País de origem

Estados Unidos

Família

Ale

mais detalhes

Nome

Irish Red Ale

Descrição

É um estilo no qual as cervejas são bem maltadas, com notas frutadas e, as vezes, possuem um aroma de toffee. Caracteristivamente também possuem um aroma amanteigado. Algumas receitas costumam levar adjuntos como açucar, milho ou arroz, mas em quantidade que não prejudique suas características. O uso de malte de cevada torrada confere a elas um sabor levemente torrado e uma cor cobre-avermelhada.

País de origem

Irlanda

Família

Ale

mais detalhes

Nome

Kölsch

Descrição

É uma cerveja considerada híbrida por possuir características de duas famílias de fermentação: Lager e Ale. É uma cerveja originária da região de Colônia (Köln), na Alemanha e é um nome protegido pela Kölsch Konvention, sendo que apenas aproximadamente 20 cervejarias. As Kölsch são cervejas delicadas, próprias para serem bebidas jovens. São claras, límpidas e brilhantes, fruto de uma filtragem bastante específica para esse estílo. Seu aroma frutado se deve a fermentação e não à adição de frutas, uma vez que as Kölsch seguem a Lei da Pureza da Cerveja, a Reinheitsgebot.

País de origem

Alemanha

Família

Ale

mais detalhes

Nome

Lite American Lager

Descrição

Essa é a versão mais light dentre os estilos de cervejas e foi concebido para agradar o maior número de pessoas possível. É uma cerveja muito clara, amarelo-pálido e tem aroma de malte quase imperceptível. Sua espuma é branca e pouco persistente, apesar da sua alta carbonatação, o que provoca uma sensação de secura e frescor. O sabor e aroma do lúpulo é bem discreto, enquanto seu corpo pode parecer aguado devido à adição de adjuntos como milho e arroz, porém a sensação é a de que as cervejas desse estilo são bebidas leves.

Família

Lager

mais detalhes

Nome

Maibock/Helles Bock

Descrição

É um estilo novo, desenvolvido recentemente. São cervejas produzidas na primavera europeia e são consumidas em maio. De corpo médio e espuma branca, cremosa e persistente. São cervejas bock mais claras, com a cor variando do dourado forte ao âmbar, com forte aroma de malte e uma percepção sutil do seu álcool.

País de origem

Alemanha

Família

Lager

mais detalhes

Nome

Mild Ale

Descrição

Eram cervejas populares na Inglaterra até os anos 1960. Sua cor, sempre com tons avermelhados, varia do âmbar ao marrom. Sua carbonatação é baixa, além de pouca espuma. Geralmente não são filtradas. Seu aroma e sabor podem ter notas de caramelo, toffee, chocolate, malte tostado, melado e frutas como ameixa e uva passa. Pouco encorpadas, essas cervejas são bem leves e pouco alcoólicas e são bastante raras, mesmo na Inlgaterra.

País de origem

Inglaterra

Família

Ale

mais detalhes

Nome

Munich Dunkel

Descrição

Dunkel significa "escura" em alemão e é isso que define essa cerveja bem maltada, bastante espumante, com notas de torrefação em seu paladar. São originalmente produzidas em Munique, apesar de serem produzidas no mundo todo. Seu aroma é adocicado devido ao malte, com notas de chocolate, caramelo e toffe e as vezes nozes, mas sem ser frutado. De coloração indo do cobre intenso ao marrom-escuro. De carbonatação média mas com uma espuma cremosa. Algumas cervejas desse estilo não são filtradas, o que confere a elas um sabor que lembra pão.

País de origem

Alemanha

Família

Lager

mais detalhes

Nome

Munich Helles

Descrição

Criado em 1895 por Gabriel Sedlmayr, na Cervejaria Spaten, localizada em Munique, Alemanha, foi um estilo que surgiu para competir com as Pilsen da Boêmia, na República Tcheca, que vinham fazendo um enorme sucesso na época. As cervejas desse estilo são claras, de carbonatação média e espuma branca e cremosa, levemente amarga, mas deixando um agradável retrogosto de malte.

País de origem

Alemanha

Família

Lager

mais detalhes

Nome

Northern English Brown Ale

Descrição

É uma variação do estilo Southern English Brown Ale, porém mais seca, mais amarga e com notas tendendo a nozes e não ao caramelo. Tem boa carbonatação e sua cor é clara, como as Mild Ale.

País de origem

Inglaterra

Família

Ale

mais detalhes

Price Beer

BBC